• Descrever as expressões da questão social decorrentes do modelo capitalista brasileiro.
  • Reconhecer o desemprego e a precarização do trabalho como expressões da questão social.
  • Identificar a necessidade de novas mediações nas relações de trabalho.

Carga horária: 20h